LEIS DO AMANHECER

EIS DO AMANHECER- PERSONALIDADE E ESPIRITUALIDADE
Salve Deus!
Em nossa doutrina caminhamos numa linha bastante tênue entre as coisas do mundo físico e espiritual. Essa linha divisória por ser delicada e difícil de ser compreendida , nos coloca numa condição de buscar valores realmente espirituais para não nos perdermos entre o grande número de situações que enfrentamos em nossa caminhada mediúnica.
Em reunião de Presidentes Adjuntos o Trino Ajarã falando do realinhamentodisse em alto e bom som que :”Se seu Adjunto estiver tendo um conduta errada em relação as leis dessa doutrina vire as costas para ele”
A realidade vivida nos Templos do Amanhecer quando diz respeito a conduta do Adjunto do Templo e seu povo é por demais delicada. Partindo da idéia dessa condução chega-se a conclusão que sua responsabilidade com os seus componentes é intrinsecamente e exclusivamente espiritual; por outro lado a conduta moral e até social dos mesmos dentro da área física doutrinária também lhe diz respeito.
Já sobre conduta ritualística, não existe Senhorio sobre as mesmas, principalmente se levarmos em consideração que são valores puramente espirituais que estão inseridos dentro do que denominamos de conduta doutrinária. Mas isso não se impõe...Conquista-se, e essa , se faz por amor. Pensamos nessa relação de componentes e Adjuntos, na condição dos reajuste espirituais, mas a personalidade é o carro chefe da mesma, dessa forma não deveria pesar na condução, educação doutrinária os valores pessoais e sim toda arregimentação doutrinária deixada por nossa Clarividente.
Fala-se muito na Lei do Adjunto, até o presente momento em todo o acervo deixado pela nossa Clarividente “Lei do Adjunto” é uma carta que por ser tão pura e bela deveria ser um mantra adotado por todo Adjunto. Mesmo um Adjunto Presidente com todas as suas prerrogativas e sua autoridade, não está acima da lei da Clarividente, ou da espiritualidade; dessa forma ele não tem outorga nenhuma para alterar ou criar qualquer ritual para ser exercido em nossa doutrina. Hoje técnica e doutrinariamente, os poderes confiados pela Clarividente foram delegados aos Trinos Presidentes classificados por ela, que ainda temos dois, eles tem essa outorga para alterar e até realizar qualquer consagração nessa doutrina, principalmente o Trino Ajarã.
Nossa doutrina é complexa e ao mesmo tempo extremamente simples,portanto seus caminhos, são simples, o coração fala alto quando se quer conquistar nesse meio...
Gilmar
Adjunto Adelano