REFLEXÕES DELICADAS


REFLEXÕES DOUTRINÁRIAS PARA PESARMOS E PENSARMOS

                Salve Deus!

                Depois de trinta anos nessa Doutrina do Amanhecer tenho visto muitas coisas acontecer, dentre elas a que mais marcou nossa caminhada foi a ausência dos Mestres e Ninfas que compõe nossa raiz.
Não que seja saudosista, a preocupação é que tais ausências não têm sido preenchidas, portanto não está havendo renovação. As informações que estão chegando aos templos são isoladas e muitas vezes não é possível averiguar sua procedência e se estão em acordo com a essência de nossa doutrina.
                A internet tem sido um instrumento forte de ligação entre nosso povo, como tudo tem seu lado bom e um outro não tão bom, mas, como tudo na vida, depende de quem emite a informação, mas também de quem ouve e interpreta. Nessa linha de pensamento, a maior ausência é realmente no campo da instrução e formação doutrinária.
Nossos grandes Instrutores começando pelo Mestre Tumuchy, Araken, Bálsamo e Caldeiras já se foram e hoje a nível nacional não temos um outro que consegue preencher essas lacunas. Tão pouco em nenhum setor da doutrina está sendo feito qualquer coisa para formar ou endossar um outro Mestre que leve nossas informações ao nosso povo com o respaldo daqueles que de uma forma ou outra, administra a doutrina.
Mesmo com as divisões jurídicas é sabido que a nível de doutrina de fato, a responsabilidade continua ainda com nossos dois Trinos Presidentes Triadas. Sem ter muito acesso a eles, ou eles ao grande público, o tempo lentamente vai caminhando e questões delicadas que geram dúvidas em nosso meio estão e poderão ficar sem resposta.
                Fica uma pergunta no ar que como uma bebida amarga, cujo resultado de sua degustação é incerto, ficamos esperando que mundo espiritual se manifeste e como um poderoso Mago com sua varinha de condão, de um momento para outro, num passe de mágica, resolva tudo isso. Mas no fundo, sabemos que isso não vai acontecer.
A corrente, é formada por indivíduos que tem uma transcendência pesada e aliada a essa faixa cármica que coletivamente está nos acompanhado a mais de  uma década , nossos templos e médiuns estão se conduzindo graças a boa vontade e uma conduta doutrinária sem mácula de muitos Presidente Adjuntos.
                Quando falamos de Trinos Presidentes Triada encarnados, não estamos falando de homens, mas sim na representatividade que lhes foram dados por nossa Clarividente na condição de ser ela em sua ausência. Nosso dever dentro de força decrescente é fixarmos nossa conduta pautados no que foi deixado através dos ensinamentos de nossa Clarividente. Sem quere ser radicalista, ou atendemos a esses fatos, essas leis, baseado principalmente em nossos acervos, podemos estar dando os primeiros passos para realmente dividir a Doutrina do Amanhecer. E sabemos o que resulta em uma casa dividida.
Há um tempo atrás fiz um texto que dizia que a doutrina está nas mãos dos Adjuntos Presidentes,  e hoje retifico essa minha reposição, pois a doutrina está acontecendo em cada templo, hoje são unidades isoladas funcionantes que atendem ou não a formação de Tia Neiva em rituais e suas leis.
                E por mais que não queiramos admitir, não há como deixar essa preocupação de lado e caminhar com tranquilidade. Voltando aos Adjunto Presidentes, nossa fé é justamente essa ligação que cada um tem com seu Ministro e a responsabilidade e compromisso assumido com cada um. São elos importantes ligados entre si por Pai Seta Branca , que distribui harmonicamente seu amor sem as questões humanas que as vezes impedem nosso processo evolutivo.

                Gilmar
Adjunto Adelano