CONHECI TIA NEIVA?



CONHECI TIA NEIVA

            Salve Deus!

            Uma pergunta que me fazem com bastante constância é se eu conheci Tia Neiva, assim cada vez mais me preocupo  com o “sim” que tenho que inevitavelmente ter que dizer, pois a medida que minha consciência missionária e moral garantem essa condição, ponho a lembrar-me dos Mestres que também estiveram diante dela(diga-se passagem, estou muito longe deles no quesito de responsabilidade assumida diante do compromisso que assumiram diante de Jesus e deles mesmos), quantas atitudes eles vem tomando e que vem desvirtuando o caráter original de nossa doutrina.
            Sinceramente, as vezes, acho que estou sendo chato e minha visão ou entendimento dessa doutrina é diferenciado de tantos Mestres, e muitos desses tenho que afirmar que aprendi com eles e hoje fazem ou pregam uma informação diferente daquela que aprenderam com a Clarividente.
Quando estava diante dela para receber o Ministro e Cavaleiro, e estavam juntos naquele dia o Mestre Adejã e Umaray ela com a respiração comprometida diante de uma indagação de Ninfa disse:
            -Froes! Conheço meu povo o mais bobo atira pedra na lua!
Em outra ocasião perto de seu desencarne chamou vários adjuntos separadamente e disse:
            -Meu filho você é minha última esperança!
            Ela sabia dos riscos que corríamos dessa desagregação que hoje estamos claramente adentrando nela.
E não podemos culpar os novos médiuns, pois estão recebendo informações de Mestres credenciados que tem um compromisso com a verdade portanto, não ouvirão outras pessoas.
            Costumo dizer uma frase técnica isenta de qualquer parcialidade seja ela pessoal ou doutrinária quando me perguntam sobre o que Tia Neiva disse:
            “Se for doutrinariamente correto, pode ter certeza, Tia Neiva disse isso!
            Assistimos hoje tristemente classificações, consagrações sendo feitas sem muito critério e por pessoas que não tem uma outorga espiritual, Jesus já dizia:
            “Pode um cego guiar outro cego? Não cairão ambos no deserto?
            Venho mais uma vez aqui afirmar que não tenho procuração do Mestre Gilberto Zelaya, Trino Ajarã para defender suas ideias mas não há como fugir que “É o único que tem a outorga da Clarividente para executar qualquer consagração nessa doutrina, e detentor máximo da Lei Dharman-oxinto, é o Primeiro Doutrinador deste Amanhecer, Coordenador dos Templos do Amanhecer (antigos templos externos), é o único que tem da Clarividente a permissão para mudar alguém de adjunto sem prejuízos para o Mestre.
            Sua condição física é complicada e mesmo assim está terminado uma viagem que faz pelo nordeste em atendimento ao povo que Jesus lhe confiou, com a ajuda de sua companheira e Ninfa Nair Zelaya, edificou quase 800 templos no Brasil e sob sua administração doutrinária alguns no exterior, é herdeiro legitimo dos poderes de Koatay 108, herdeiros não só de seus poderes físicos como também espirituais.
            Hoje fico pensando nos grandes Mestres que tem hierarquia legitimada pela Clarividente e escolheram trilhar seus próprios caminhos atendendo as inspirações pessoais fugindo da linha da força decrescente, e existe uma verdade inquestionável:
            Nossos Mentores não acompanham atitudes fora dessa hierarquia força decrescente, ou aprendi errado...infelizmente muito errado; o que não acredito que tenha feito isso!
            Gilmar
Adjunto Adelano
Doutrinador