HISTORIAS QUE NINGUÉM CONTOU- O ADJUNTO YURICY E A CURA

HISTÓRIAS QUE NINGUEM CONTOU
CAPÍTULO I
-A CURA-

            Salve Deus!

            Nossa doutrina em sua programação básica de cura desobsessiva nos tornou meio mecanizado em relação aos processos mediúnicos, muito embora nossa clarividente tenha dito que nos preocupássemos em não tornarmos um Monge ou um Robô místico, a própria energia dinâmica dos processos que envolvem nossos rituais nos faz parecer dessa maneira endurecida quantos fenômenos que vivemos.
            Mas vez por outra alguma coisa mais destacada acontece para nos provar ou tentar fazer que passemos a olhar a espiritualidade como realmente é, ou seja, um coletivo funcionando em função de cada individualidade, de cada ser.
            Depois da partida da Clarividente, os médiuns tiveram que se adaptar as condições  existentes, sem os olhos espirituais da mãe sempre atenta e vigilante, e nisso estaria envolvendo o que leva os seres humanos a buscar as religiões e doutrina a cura de seus males.

            O Adjunto Yuricy Mestre Edelves, recebera da Clarividente a condição de ser sua regente, também teve sua outorga para grandes desenvolvimentos, ficara então responsável pela cultura das ninfas que iriam receber Pai Seta Branca.

 Aos sábados o castelo dos Doutrinadores ficava com grande movimentação por parte das ninfas e seus mestres que iriam participar da benção do Pai Seta Branca, e aos domingo de manhã era a vez do castelo do silencio onde Mestre Edelves resolvia os problemas relacionados a mediunidade.

            Vez por outra aparecia no circuito alguma entidade diferente,  lembro-me que um dia apresentou uma dessa entidade e disse que ainda estava encarnadas duas contemporâneas suas, uma era o Adjunto Yuricy e outra o Mestre Tumuchy.

Também ocorriam algumas pessoas recorrerem a mestre Edelves com problemas de saúde física,mental e psicológica, dessa forma ela recorria a nossas entidades para o auxilio da cura e recuperação dessas pessoas.

Um dia certo Adjunto apareça com um  problema grave para Mestre Edelves, ao que tudo indicava era um câncer  no olho. Ela não teve dúvida e pediu as Entidades que aliviassem a sofrimento e a possível cura daquele Mestre.
Então ela providenciou a incorporação de várias Entidades de luz, e colocou o Mestre ali para receber a energia da cura deles...

Algum tempo depois foi evidenciado que o mesmo estava livre daquela terrível enfermidade.

Essa atitude custou muito a mestre Edelves, que primeiramente recebeu uma advertência e depois foi afastada da cultura das ninfas que iriam receber Pai Seta Branca.

Gilmar
Adjunto Adelano