A PREPARAÇÃO




PREPARAÇÃO
            Salve Deus!

            O Templo representa o sagrado, o espaço onde o céu chega até a Terra e seus seres podem se comunicar, interagir .
            Quando nos dirigimos para os trabalhos espirituais, muito embora as iniciações sejam no espírito, estamos imersos em um outro ambiente, outro mundo, o mundo profano, onde normalmente predomina a personalidade. Agimos no mundo da personalidade atendendo os apelos da alma, e esses são direcionados para as coisas materiais.
            A partir do momento em que passamos as portas de nossos templos, deparamos com o Aledá da Pira, nesse momento, nós outros iniciados, abrimos o plexo fazemos a reverencia para que possa novamente fazer a união de nossos chacras de nossos plexos com o sagrado, onde chegam as energias que vão impregnar, alimentar ainda mais nosso corpo , ligando nos aos mundos espirituais.
            Ao entrar para o templo, deixamos nossa personalidade  e assumimos a nossa individualidade, tornamo-nos Mestres. E como tal, com todos os plexos ativados passamos a condição de receptores e emissores de poderosas energias.

O ideal quando vamos para o templo e nos mediunizar, se não for possível ir de imediato ao castelo de silencio, ao chegar a fila de preparação, que é assistida por Mãe Yara, se concentrar com seus mentores e se colocando a serviço da espiritualidade.

Quando se vai para o trabalho espiritual, há uma informação que diz que tudo quanto vai acontecer está já acertado, ou já foi acertado nas casas transitórias ,portanto você está sendo intuído, dirigido pela espiritualidade, que podem utilizar de outros mestres como os comandantes para lhe encaminhar onde é necessário que o médium esteja, portanto recusar o convite, ou determinação de um, comandante é mais sério que se pensa.

Quando o médium está diante da presença divina e estende seus braços, o fenômeno acontece. As forças do mundo espiritual, oriundas da corrente mestra, impregnam o médium por inteiro, a chave de preparação, é a condição adequada para que esse fenômeno aconteça. A partir daquele momento o médium está pronto  para ser o missionário , o medianeiro , nessa condição ele é um universo a parte, com seus mentores e guias e sua energia. Portanto a recomendação de não apertar as mãos, ou abraços é essencialmente técnica, principalmente se quem vai dar lhe a mão não é um iniciado. Você é, tem sua proteção, está imerso em um uniforme que lhe protege e é canalizador de forças.
            O nome PREPARAÇÃO é condizente com a condição que se assume , preparar se, para ser o sacerdote, o medianeiro a esperança da espiritualidade para a cura desobsessiva.

 Gilmar
Adjunto Adelano
Julho-2013