SUAS PALAVRAS



SUAS PALAVRAS

                Salve Deus!
                Nossa consciência eterna é na verdade uma companheira inseparável que nos acompanha e silenciosamente cobra nossos compromissos, os quais estamos presos e só seremos libertos quando pagarmos centil por centil.
                Pertencer a uma doutrina ou segmento religioso, além de ser uma maneira para que possamos encontrar com a divindade, é fazer parte de um código de conduta rígido com regras que nos colocam frente a frente conosco. Eu e minha personalidade. Nossos compromissos espirituais e a necessidade de cumpri-los e o chamado da alma para as coisas do mundo físico.
                Então, um dia movido por suas necessidades físicas, as quais são muitas, e que lhe causaram muita dor, ou na melhor das hipótese, houve um despertar espiritual e você sentiu a necessidade de se espiritualizar e decidiu procurar uma religião ou uma doutrina. Você optou por ser um Jaguar! Em meio a um número de roupas coloridas e ambientes não menos coloridos, a frases que eram estranhas, você chegou até um Preto Velho. Ele cuidou de suas feridas. Você partiu para o desenvolvimento. Ouviu palavras e conceitos comportamentais espirituais e físicos que lhe encantou. Depois de várias consagrações, os papeis se inverteram, hoje ou você é um comandante de setor de trabalho, um instrutor ou um Adjunto Presidente.
                E suas palavras, a doutrina que um dia você aprendeu você a está semeando!
                E agora você é o Semeador!
                Quais sementes você está semeando?
                Você faz o que ensina...Ou façam o que eu digo, mas não o que faço!
                Será que não percebeu que é espelho para os que chegam como um dia você se espelhou?
                Se hoje não respeitas seus superiores hierárquicos, poderás pedir respeito?
                Lembre-se...Você hoje está semeando...Boas sementes... Ou espinhos?
                Suas palavras ecoaram no universo...Infinitamente...Estão e serão ouvidas, mas não se esqueças...Serás cobrado...Por cada frase, que sob o peso de sua autoridade doutrinária fizestes ou dissestes...” De sua boca, sairão mantras sagrados parta aplacar a dor” (Seta Branca)
                Pense...Reflita...Você é o missionário da última hora...Como peregrinos, muitos chegarão a ti guiados por uma herança transcendental, quem sabe conduzido por teu Ministro, teu Guia, e na esperança de lhe encontrar esse irmão vagou por terras desconhecidas, atravessou mares terras e espaço na esperança de uma dia te encontrar! Hoje ele te encontrou! Então você poderá escolher, se servirás a este teu irmão teu melhor prato, na tua melhor prataria, no melhor lugar de teu templo ou, dirás palavras bonitas, porém vazias e quando tiveres oportunidade, virarás as costas para ele... Mas nunca se esqueça ainda que não queiras irás reencontrá-lo. Quem sabe nesta hora as posições estejam invertidas e não serás mais Senhorio e sim um servo a pedir também um pouco de água para aplacar a sede que adquiristes com suas escolhas...

Gilmar
Ad Adelano