PARTIDARISMO DOUTRINÁRIO


PARTIDARISMO DOUTRINÁRIO

            Salve Deus!
            Vivemos momentos difíceis, complicados mas, que podem nos trazer ensinamentos e aprendizados para que possamos nos conhecermos melhor e, principalmente se somos realmente Mestre da doutrina do Amanhecer.
            Quem teve o privilégio de assistir aulas doutrinárias com o Trino Araken com certeza, ouviu uma frase bastante profunda:
            “Jaguares! Aqui nessa doutrina a conta mais difícil de realizar é somar”
‘           Portanto partindo dessa premissa , temos que nos basearmos na essência doutrinária da Clarividente Neiva Chaves Zelaya, que nos deixou um legado de uma cervo reunidos nas mais variadas formas num imenso mundo de informações que no mínimo nos traduz normais comportamentais de bem viver. Também temos que levar em consideração uma frase bastante lardeada por Tia Neiva!
            “Eu não divido meus filhos!”
            As situações hoje vividas por todos Jaguares foram geradas por atitudes humanas que é nossa personalidade transitória. Vivemos uma situação de gestão doutrinária que é um imenso contrassenso de tudo quanto aprendemos ou nos ensina a essência dessa doutrina que é pilar central que nos sustenta o qual denominamos de quebra da hierarquia e força decrescente.
A ligação dos componentes dessa doutrina é extremamente simples e clara , os Adjuntos que decrescem dos Trinos Presidentes Triadas(foram eles os quais Tia Neiva deixou o comando da doutrina), e o mestrado por sua vez, decresce de seus Adjuntos, cujos ministros tem a tarefa sublime de conduzi-los ao castelo iniciático.
Portanto o sistema é preciso pois se os Adjuntos não seguirem esse processo hierárquico  como poderão exigi-los de seus componentes?
É claro e evidente, que em um  futuro não muito distante , deveremos encontrar um sistema de continuidade legítimo mas, no momento é inegável e inquestionável que o sistema deixado pela Clarividente , cujos Trinos Presidentes Triadas que foram classificados por ela são herdeiros dessa doutrina detem o comando da mesma.
Negar tal condição é negar tudo que a Clarividente deixou pois se a hierarquia e força decrescente é poder que sustenta essa doutrina, como fica todo o restante.
            Outro dia em conversas com um grupo de Mestres os quais, estavam revendo o acervo, disseram que eu era partidarista do Mestre Gilberto Zelaya. Deixou bem claro, que sigo um código doutrinário deixado por uma Clarividente, os quais, também, não admite e nem há senões. Em meu juramento é bastante claro desde o castelo iniciático de obedecer os veteranos dessa doutrina. Entendo doutrinariamente que se entende por veteranos é o Adjunto que me filiei, e os Trinos Presidentes Triadas Sumanã e Ajarã.
            A Doutrina é tremendamente simples, não nos exige muito, mas quando deixamos que a velha estrada entre em nossas vidas e passemos a vê-la com os olhos humanos com certeza, iremos encontrar sempre a personalidade prevalecendo sobre a individualidade.
            Certa feita fiz uma afirmação bastante forte e ainda continuo acreditando na mesma.
            “Aqui servirei como Mestre enquanto essa doutrina for de espíritos, quando o homem passar a ser mais importante colocando sua vontade , com certeza não terei mais o que aqui fazer”

            Gilmar
Adjunto Adelano Koatay 108 herdeiro triada harpazios arcanos rama 2000
1º príncipe maia dos Templos do Amanhecer
Afilhado de Koatay 108
25 março de 2013