MÉDIUNS E CURA ESPIRITUAL


MEDIUNS E CURA

                Salve Deus!       
                A Doutrina do Amanhecer ,seus templos, tudo que  a compõe e na verdade um complexo grupo de instrumentos voltado para a cura desobsessiva.
                Este pronto socorro espiritual funciona initerruptamente para dar atendimento a milhares de espíritos encarnados e desencarnados e sem fazer distinção a esses pacientes. O interessante é que esses profissionais do mediunismo foram pacientes que foram recuperados e hoje formam o corpo de médiuns que dão atendimentos a esses pacientes.
                Ao falarmos em cura desobsessiva, é sabido que a cura do espirito, mas para quem sofre, para quem está sendo atingido a dor não tem nome. Isto também se aplica a nós outros Jaguares deste Amanhecer. Similar a um curso de psicologia em que há necessidade que os novos psicólogos sejam acompanhados até mesmo depois de terminarem seu curso, continuamos em pleno tratamento. Porém a pergunta é.. Quando temos o direito, ou podemos ser pacientes e receber o tratamento espiritual que recebemos... Há uma frase de Pai Seta Branca que nós dá um diretiva para tentar encontrar essa resposta; “O trabalho incessante vos livrará das dores e melhor cumprireis vossos destinos cármicos” Então entendemos que quando estamos trabalhando estamos também inclusos no tratamento que está sendo destinado aqueles pacientes, sugerindo portanto, que não é necessariamente passando como paciente que seremos curados.
                Certa feita o Mestre comandante dos Tronos, já terminando seu trabalho num dia bastante movimentado vai  onde está manifestado Pai Joaquim das cachoeiras e pede que ele vá a tua sua casa e seus familiares e promova uma limpeza. O Sábio Preto Velho na sua grande sabedoria responde:
                - Meu filho! Você está nos ajudando desde o inicio deste trabalho, durante o tempo que você estava trabalhando, seu Cavaleiro, Ministro seus Mentores já fizeram tudo isso que você veio agora me pedir!
                Tia Neiva afirma que o Doutrinador bem harmonizado, dentro das leis deste Amanhecer, só com seu pensamento ele vai onde for necessário e realiza todo o processo desobsessivo que seus poderes lhe conferem. Outra situação delicada é quando os nossos Mestres Aparás vão passar nos Tronos. Como paciente ele pode dar passagem a um sofredor, o complicado é que os outros pacientes que estão no banco em frente aos Tronos não sabem que ele é um médium da doutrina, e se assustam !!
                Mas também devemos compreender nossa condição humana, que necessitamos de ouvir, de sentir e nossa condição psicológica nem sempre contenta que somente trabalhando seremos curados. Também há de se considerar que principalmente nossos Aparás necessitam dessa condição de ouvir.
                Outro fato também é preciso considerar. Quando procuramos um médico da Terra , marcamos ou agendamos uma consulta temos que pagar por ela. Na Doutrina também é da mesma forma. Há uma frase de Pai João de Enoque que é clássica: “Nada é de graça”
                O trino Ajarã em seu processo intuitivo doutrinário quando instituiu o realinhamento foi baseado em informações que havia uma grande maioria de nossos médiuns estava doentes, e principalmente pela participação nos trabalhos que não estavam cabalisticamente certos. O templo mãe quando em um trabalho de contagem, ao fazer o Mantra do Mestrado, observa se a grande maioria dos pacientes se levantam e fazem o referido mantra...
                É um assunto complexo que nos arremete a uma ética espiritual e onde nos lembramos das palavras do Mestre Tumuchy ao afirmar que somos profissionais do mediunismo e outra situação não menos importantes que é porque estamos na Doutrina. Tudo isso está num elemento básico de extrema importância que é o ato de “crer”, “acreditar”, principalmente, antes de tudo, em nós mesmos. Quando isto acontecer não mais será necessário usar de artefatos que não fazem parte de nossos ensinamentos e de nossa doutrina como jogar sal nos cantos da casa, fazer emissões fora dos rituais, preces atrás dos Aparás na mesa evangélica, fazer acordo com sofredores e ... Achar que nos Guias e Mentores irão participar de nossas mesquinharias...

Gilmar
Ad Adelano