UNIFICAÇÃO DOUTRINÁRIA


Unificação doutrinária


                A Doutrina do Amanhecer é uma doutrina crística com bases evangélicas, mas tem  uma forma bastante cientifica de atuação que denominamos iniciática. Sem dúvida,quando alguém procura a doutrina,seu intento é buscar uma maneira de encontrar a divindade,nesta atitude, muito embora inconscientemente , o desejo é melhorar como individuo e também conseguir o direito sagrado de conquistar uma pós vida, ou viver no plano espiritual em paz,junto aos seus familiares espirituais e voltar a sua real e verdadeira origem.
                Sabemos também que não é somente a Doutrina do Amanhecer que dá essa condição de alcançar este paraíso dos cristãos, tanto católicos ,quanto protestantes. Mas para nós médiuns participantes desta doutrina crística, a consciência doutrinária é o elemento mais complexo e difícil de alcançar aqui neste terceiro plano.
                Devido as adversidades encontradas em sua existência ,e atendendo a um apelo interior muito forte,ou quando não se ouve este chamado, os mentores lançam mão de outras formas de chamamento para conduzir seu tutelado a sua condição de missionário. Tanto que conhecemos o ditado em nossa doutrina que diz: Ou a pessoa abraça sua missão pelo amor ou pela dor. Participar de uma doutrina espirita e, principalmente do Amanhecer,parece ser simples, mas não é. Existe uma condição que acompanha o Mestre à partir do momento em que ele se apresenta ao desenvolvimento que é o despertar de sua consciência. Essa consciência é sua segurança pois lhe dá a condição de ser um médium em toda a extensão da palavra.
                Durante todo o desenvolvimento é despertado,aberto os chacras do médiun, e medida que esses chacras vão sendo abertos,mais o médiun adquire condição de buscar suas forças mediúnicas,com elas ela passa a movimentar suas energias com mais domínio e precisão, sabendo canalizá-las para o equilíbrio de sua vida e dos seus .  O médium não é um super homem, nem tão pouco um bruxo que lança mão de seus poderes para adivinhações e dominação das pessoas. Mas alguém comprometido com sua própria existência, e tem por missão enxugar as lágrimas de outros, colocando-se na condição de atenuar as dores físicas,emocionais e espirituais de encarnados e desencarnados. Outro fato notável é que esse missionário não está isento da ação de seu carma. A espiritualidade dá-lhe condição para poder ganhar os bônus e recartilhar,atenuar sua faixa cármica. Outro fato em nossa doutrina que é muito importante, nela não há punição por parte de seus dirigentes físicos ou espirituais,ou seja os nossos mentores não punem ninguém. O que acontece é que quando alguém sai de sua conduta doutrinária, ele fica a mercê de seus cobradores.
                Por ser uma doutrina que contém muitos rituais,é necessário que os Doutrinadores adquiram conhecimento sobre essa ritualística. Mas tão importante quando essa sabedoria em relação aos rituais e ter conhecimento aprofundado das bases ou essência da doutrina,este conhecimento protege o médium de superstições ,ou de uma situação que acontece com muita frequência em nosso meio; a sublimação. Esta palavra é usada quando o médium se acomoda nas maravilhas do misticismo, assim ele pensa estar isento das cobranças e das adversidades de nosso dia a dia. Ser um médium é ser uma luz que brilha na escuridão,não sabemos ainda a extensão ampla e real desta palavra,pois este missionário é atuante não só nos recintos doutrinários ou religiosos,mas em todos os lugares em que estiver, e será muitas vezes testado,provado se realmente aprendeu e apreendeu os ensinamentos da doutrina.
                Saber se colocar como um médium atuante e atender os compromisso da vida material é outro grande desafio que os componentes de uma doutrina espiritualista enfrenta, saber discernir as mensagens que recebe separando as das possíveis interferências,também é outra situação difícil.
                A Doutrina do Amanhecer tem códigos rígidos de conduta ,uma hierarquia que foi trazida dos planos espirituais. Classificações que mesmo depois de recebidas pelos superiores da doutrina tem que ser conquistadas no trabalho do dia a dia. O médium pode ser classificado como um rama dois mil,ou arcano aqui na terra,para ser  reconhecido ou conquistar essa classificação nos planos espirituais é outra coisa completamente diferente. Estar fora da hierarquia é também estar fora da força decrescente, e como disse a clarividente: Fora da força decrescente muito pouco podemos fazer. Quando se assume um compromisso desta natureza,aceita-se também as regras e deveres que estão implícitos no código doutrinário.
                Hoje talvez haja a grande necessidade de fazer um caminho da busca interior,do cristo interior, não de se criar mito, mas de evangelizar sem cair nas malhas do fanatismo,buscar a essência da doutrina. Rever o acervo que está aberto a tantos,mas continua ainda velado a grande maioria. Buscando,entendendo,praticando essa doutrina cientifica do terceiro milênio,sabendo que como Mestre deves se apresentar a seu discípulo... E aprender também com ele. Ouvir a sabedoria simples,porém complexas dos Pretos Velhos, saber que tudo é bom, porém como disse Pai Seta Branca: Amar o Anjo e demônio com a mesma intensidade, mas sabendo distinguir suas forças e ainda não menos importante este trecho de Francisco de Assis: “Jesus dai me forças para mudar o que precisa ser mudado. Tolerância para suportar o que não pode ser mudado. E sabedoria para discernir entre os dois.
                Esta doutrina não tem lados,existe um só Deus,um só Cristo e um só Pai Seta Branca e uma só Tia Neiva, que nunca em nenhum momento dividiu seus filhos,os impediu de entrar no Templo, e sempre, em qualquer condição os recebeu de braços abertos.Vamos encerrar com uma frase do grande Simiromba de Deus: Rico sou o Pai de filhos como vós, que abdicam um mundo por uma Doutrina do Amanhecer.

Gilamr
Ad Adelano