O ACERVO DA CLARIVIDENTE



O ACERVO DA CLARIVIDENTE- DOUTRINA DO AMANHECER



            Salve Deus!

            Há muito tempo , quando as religiões começaram a serem formadas, e deram origens aos mitos, as crenças e histórias ligadas aos ancestrais, havia um jovem que nascera diferente dos demais. Em todo o local que chegava sua presença chamava atenção e todos paravam para ouvi-lo. Observando isso, ele buscou numa antiga caverna uns manuscritos que traziam a história da formação do planeta e tudo quanto nele havia.
            De posse de conhecimento o jovem resolveu sair pregando esses conhecimentos e foi formando um pequeno grupo, e esse se espalhou formando um grande povo .
Sua forma de passar os ensinamentos foi de discípulo a discípulo . Todos respeitavam aqueles ensinamentos que foram passados por aquele sábio que tanto aprendeu dos velhos manuscritos que era o grande tesouro daquele povo.
Um dia o grande sábio morreu. Seus seguidores choraram por sete dias sua morte, no último dia formavam um conselho de anciãos e elegeram dois varões para representar aquele velho sábio e cuidar do tesouro, os manuscritos que eram guardados numa caverna sagrada.
Um dos anciãos aos invés de ficar de honra e guarda daquele tesouro, resolveu sair e como um lavrador a semear suas sementes deu a todos quantos queriam também planta-las.
O outro ancião que ficara na guarda da caverna sagrada e dos manuscritos obsecado  pela  tarefa que haviam lhe concedido , guardou todos aqueles ensinamentos somente para si. O tempo veio com sua ação lenta e consumidora e os manuscritos se perderam pelo excesso de cuidados e medo que outros os usassem indevidamente.

            Em nossa doutrina vemos o acervo da clarividente sendo tratado sem o devido valor que merece. Continua nas mãos de muitos. E alguns que o tem os usa para impor sua vontade sobre os demais deixando a vontade humana prevalecer sobre o quesito mais sagrado que temos que é nossa lei espiritual.
            Esses jovens com esse projeto Omeyocan , tenta juntar os manuscritos deixado pela clarividente e distribuir aos nossos médiuns com muita verdade e honestidade, dando de graça, como de graça estão recebendo.
            Para quem é um pouco mais veterano dessa doutrina conhece a história da água fluidificada. Que não pode ser vendida. Não colocada em frasco que já teve álcool.
            A doutrina do Amanhecer não admite barganhas, contendas ou demandas, não deveria ser levadas aos tribunais, como o iniciado não deve levar outro irmão a justiça, não deve haver lados, pois assim como há um só Deus; só há um Pai Seta Branca e um Clarividente que deixou tudo muito bem estruturado .Não é uma associação gerida por valores humanos, onde as pessoas são colocadas e tiradas  por não atender a valores humanos.
            O Doutrinador de Tia Neiva não estabelece “LADO”, mas vive uma doutrina essencialmente espiritual, cujos valores vieram do céu sagrados, traduzidos por uma mulher sergipana muito simples cujo herança transcendental lhe permitiu criar todos esse sistema doutrinário que vivenciamos.
            Cada dia mais me convenço que estou longe de ser esse doutrinador tão cantado em versos e prosas por Tia Neiva, ainda mais ser um Arcano, o príncipe dos príncipes,o Arjuna, o homem perfeito. Classificação e consagração são coisas plenamente distintas e cada vez mais reverencio-me aos  Trinos Tumuchy e Araken em memória, e hoje ainda tenho a oportunidade de fazê-lo aos dois Trinos Presidentes encarnados que são Sumanã e Ajarã, legítimos herdeiros espirituais da Clarividente.
            Terminando, quero ,mais uma vez, parabenizar os jovens que estão reunido o acervo da Clarividente nesse projeto Omeyocan e pedindo a Pai Seta Branca que os façam continuar a agir na mesma honestidade doutrinário do Filho de Tia Neiva- O DOUTRINADOR!

            GILMAR
UM DOUTRINADOR
JANEIRO 2013