CIGANOS









CIGANOS

            Salve Deus!

            O Pentateuco é a junção dos cinco livros da gênese de Moisés, ali em sentido literal e metafórico nos relata sobre a criação do mundo, do surgimento do primeiro homem, dos Anjos descaídos, e também da formação do povo hebreu.
Muito embora, nossa doutrina tem seu referencial maior no Evangelho de Nosso Senhor Cristo, respeitamos em seu todo, as escrituras sagradas, e de forma alguma, não as desabonamos ou criticamos qualquer situação que ali está escrita. Essa menção é para grafar uma frase  que diz assim:
            “Façamos o homem a nossa imagem e semelhança”
Portanto, segundo essa narrativa, somos a imagem e semelhança de seres divinos. Dessa forma culturalmente, temos por hábito e tradição relacionar tudo que nos envolve e até os seres que habitam outras dimensões ou mundos espirituais com a forma humana, ou  humanoides.
            Complementando esse pensamento, vamos tentar entender as roupagens utilizadas por nossas entidades espirituais e o porquê delas e nisso vamos tentar falar de um dos grupos dessas individualidades que são os ciganos.
            O referencial doutrinário que temos sobre ciganos por parte da Clarividente são os Ciganos Katshimoshy, que inclusive nos traz uma mensagem importante sobre o perigo da divisão, em todos os sentidos!
            Essa história nos conta de dois irmãos que após a morte do rei lutam para assumir o comando da tribo. Um dos grupos não reconhecendo o governo de um dos irmãos , resolve partir, e uma grande parte deles são devorados por lobos.
            O Primeiro Mestre Jaguar Trino reduziu bastante o contato dos médiuns com as entidades ciganas. Faziam se presentes no trabalho de Angical. Mas depois da ação do Trino ficou reduzido.
            A caraterísticas da vida cigana é bastante atrativa e cheia de encantos e magia, mas o envolvimento exagerado, ou a cultura exacerbada destes espíritos em nosso meio doutrinário deve ser observado com bastante cuidado.Também é conveniente lembrar que nossa encarnação como ciganos aconteceu na Russia e já faz bastante tempo em uma pequena comunidade chamada Pronvicur.
Certa feita conversando com Carmem Lucia Zelaya, relatou que do  ritual do casamento ficara a Pira como simbolismo da fogueira. As espadas simbolizam o dote. Mas , a roupa que os noivos não deveriam ser caracterizado de ciganos.
            Outra situação importante é: Não há um lugar definido por lei para que possam incorporar, isto se falando em Entidade de luz. Temos que considerar que mesmo após o evento de do condado de Pronvicur na Rússia, ficaram espíritos que não atingiram seu grau evolutivo, são espíritos sofredores e podem se manifestar então, é necessária extrema cautela no processo de identificação dessas individualidades.
Não há na Doutrina do Amanhecer, principalmente depois do desencarne de Tia Neiva, nenhum ritual ou trabalho dentro de nossa lei, que vise a chamada de Mentores Ciganos, o qualquer aspecto ligado a herança transcendental.
Também é sabido que os Mestres Aparás, tem seus Mentores Ciganos, mas não é algo contido em lei. Os Guias do Mestre Apará são:
            Pretos velhos
            Caboclos
            Médicos de Cura
            Cavaleiros
            Ministros da legião
            Guia Missionária.
As Entidades Ciganas de Luz existem e são maravilhosas, mas obedecem como todas as outras a lei do Amanhecer e de forma alguma iriam infringi-la, sua manifestação acontece ainda no Angical, quando se faz necessário, mas como e porque não nos foi explicado.
            É esse pouco que temos e nos foi passado!!!

Gilmar
Ad Adelano
Novembro 2012