CERTO OU ERRADO




Certo ou errado

Em nossa doutrina os conceitos de certo e errado são universais, ou seja, não atendem os conceitos de nossa sociedade, muito embora Tia Neiva nos diz do respeito que devemos ter com nossas leis, mas partindo de um conceito amplo estritamente doutrinário tudo muda quanto nossa visão limitada e direcionada ,principalmente quando se tenta condicionar esses valores em função daq   uilo que se pretende fazer usando esse condicionamento para justificar alguma de nossas atitudes.
Quando se trata do Sistema Cristico, operante em nossa doutrina não há como fugir a tal lei, haja visto que a doutrina agindo dentro de um sistema cabalístico é perfeito em seus rituais, por essa razão que o Trino Ajarã luta na manutenção dos rituais deixado por Tia Neiva.
Partindo desta pobre explanação acima vamos começar a pensar no que muitos Jaguares dizem e fica para cada um determinar se é certo ou errado, pois não nos cabe emitir tal opinião, mas sim, fornecer subsídios para que cada um faça um cuidado exame de sua consciência e chegue a difícil conclusão se está  ou não  exercendo sua condição como Mestre Jaguar.
O importante é servir ao Pai Seta Branca”
Pai Seta é o mentor de nossa doutrina, todas as leis e rituais existentes foram deixados por Tia Neiva com a perfeita autorização do Simiromba de Deus. Seria um contrassenso ,hoje qualquer Mestre seja de qualquer hierarquia, quebrar essas leis.

“As Leis já escritas não têm senões, e devem ser rigorosamente respeitadas. Não há autoridade no Templo para fazer qualquer trabalho fora destas Leis. Basta que eu, conhecendo o perigo das correntes magnéticas, não o faço. RESPEITO!”  (Tia Neiva, s/d)
 

Não sigo homens, mas sim a doutrina” 

As leis físicas que te chamam a razão são as mesmas que lhe conduzem a Deus. Quando estavam por escrever o Livro de lei, segundo o Mestre Bálsamo,Regente Araken, Pai João não queria de forma alguma que o mesmo fosse feito,pela simples situação de mecanizar,robotizar os médiuns. Porém, depois de muito refletir ficou se entre  o prejuízo de tal fato(robotização) e a quebra das leis e rituais de nossa doutrina,optou-se pelo menor prejuízo. 

            “Sou o comandante ,o Adjunto, assumo a responsabilidade pelo que faço” 

            Quando-se está em um trabalho cabalístico  em nossa doutrina, há toda uma ritualística a ser seguida,com passos precisos,onde cada movimento e momento no ritual desperta ,movimenta uma certa porção de energias ocasionando a cura desobsessiva e a libertação de espíritos que necessitam daquele trabalho. 

            Outra situação que falamos e é de importância vital em nossa doutrina que é a força decrescente que sustenta outra não menos importante que é a hierarquia. Quando consideramos nesta hierarquia espiritual que segue se a seguinte ordem : DEUS PAI TODO PODEROSO

                NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

                PAI SETA BRANCA

                PAI JOÃO DE ENOQUE.

            Nesta exposição vemos que não é somente uma questão de mando ,mas sim uma distribuição de forças as quais são dirigidas; direcionadas segunda sua necessidade a quem de direito.

 

            Na condição desta hierarquia física, sendo que estamos num plano físico,onde as reis que regem este plano físico movimentam segundo a sua condição, as mesmas forças precisam ser manipuladas, condensadas, emitidas segundo a condição hierárquica que cada Mestre transcendentalmente recebeu por suas classificações;por essa razão a espiritualidade, criou se a hierarquia física que tinha nossa Mãe Kotay 108 como o ponto de partida da emissão e recepção desta forças e logo depois os Trinos Presidentes Triadas classificados pro ela, Trinos herdeiros, Adjuntos, rama 2000 etc.. Então a fica a seguinte pergunta se foram nossos mentores que criaram, determinaram essa classificação ,essa força decrescente, porque os mesmos não a respeitariam? Quando alguém se acha no direito de quebrar essa condição, principalmente na condição de comandante,automaticamente ele dá também a seus subordinados que o façam o mesmo... Tia Neiva tem uma frase muito séria e delicada que diz:

            Tudo podes fazer na força decrescente e iniciática de Kotay 108”

 

              “Nada temos fora da força decrescente “

 

            As vezes vemos alguns mestres tratarem este sistema delicado de forças da corrente indiana do espaço como se fosse uma agremiação esportiva, onde pode se tudo...É claro que em nossa doutrina não há punição por  parte de nossos mentores, mas existe uma outra lei imutável, inalcançável por nós encarnados seja qual for sua hierarquia...A lei do Carma.. E fora da conduta doutrinária está-se sujeito a essa lei com todas as forças que ela se impõe.

            As ações motivadas por aqueles que pensam ter poder, pode mudar a trajetória de tantos, fazendo sofrer aqueles que acreditam nas palavras de uma caminhoneira  que abdicou de sua vida em função do Doutrinador.

            Jesus, é por ele a bem dele que venho neste instante entregar os meus olhos” (Tia Neiva).

            Certa feita ouvi o Trino Ajarã, primeiro doutrinador deste amanhecer,o qual recebeu de sua mãe e mentora os poderes para realizar qualquer consagração nesta doutrina dizer:

 

            “ Gostaria der ter os poderes que muitos pensam ter”.

 

Gilmar,

Ad Adelano