ESTRELA ESPECIAL COMANDADA PELO TRINO AJARÃ NO COMPLEXO ARUANDA


ESTRELA ESPECIAL COMANDADA PELO TRINO AJARÃ NO COMPLEXO ARUANDA


                Salve  Deus!

                Nossa doutrina é essencialmente movida pela vibração, e é através da vibração que o fluxo de energia percorre todos os Templos do Amanhecer para que a cura desobsessiva possa ser realizada em sua plenitude.

Mas, para que esse processo possa ser realizado com perfeição é necessário que se cumpra os passos que a energia requer para sua movimentação. Nossa forma de energia é bastante variada, contamos com energias das águas, das matas,dos seres vivos,do sol, lua,emfim, somos transmutadores de energias.

                O que faz termos a condição de poder trabalhar, manipular essas forças é algo que já trazemos quando partimos para nossa grande viagem para o sono cultura que é o que conhecemos aqui como mediunidade. Ao ingressarmos em uma corrente mediunica, essa condição é identificada, desenvolvida e dirigida para os fenomenos que conhecemos como espirituais. Nos templos do Amanhecer existem dois tipos de mediunidade , o Apará e o Doutrinador. Muito embora os dois manipulem essa mediunidade , as formas como agem e interagem ,permitem que os mesmos possam integrar-se na condição de mudar o campo energético de outras individualidades e através de meios técnicos em rituais precisos movimentem a Cabala,e essa possa novamente realinhar esses seres devolvendo os mesmos o seu estado  nomral de atuação.

                Segundo nossa Clarividente, a Estrela candente é um dos nossos maiores poderes que temos condição de manipular nesse terceiro plano.Certa vez disse que os poderes da Estrela Candente poderiam até parar uma guerra.

                A primeira Estrela Candente de nossa doutrina foi construída no Templo Mãe, ela foi entregue ao comando do então jovem José Luiz e sob a regência de seu Ministro Janatã. Assim como partilham essa ação de movimentar espiritualmente a Estrela Candente, os Trinos Presidentes Triadas, O Primeiro Mestre Sol representante do reino central e o orixá-Mestre Lua.

A Estrela candente como dizia o Primeiro Mestre Sol Trino Tumuchy, “É um Templo a céu aberto” São dois triângulos entreleçados fomando uma estrela de seis pontas, nesses triângulos estão dispostos 108 esquifes onde uma metade é de cor azul e outra de cor amarela. Por ser um templo a céu aberto, quando estamos sob a froça do sol, o seu preenchimento se faz  primeiramente pelos esquifes amarelos. Quando estamos na força da lua, os esquifes são iniciados pelos azuis. A função primordial da Estrela candente é o atendimento a espiritos que não tem condição de incorporar em nenhum ser humano. Os participantes utilizam roupas ou idumentárias que favorecemn e os protegem durante a realização do ritual.

                São realizados tres consagrações diárias e eventualmente sob a solicitação de seus dirigentes é realizado uma estrela especial.

                No templo Mãe , quando estava encarnada Tia Neiva, fazia a chamada dos Mestres quando ela via em sua clarividência que alguma situação perigosa estava prestes a acontecer.

Depois do desencarne de nossa Clarividente os Trinos Presidentes classificados por Koatay 108 continuaram a fazer esse tipo de chamada.

                O Primeiro Doutriandor deste Amanhecer, Trino Ajarã Mestre Gilberto Zelaya, depois de construir a estrela da cidade de Osafaya-Go, que hoje conhecemos como Aruanda, que tem pouco mais de um ano em funcionamento fez alguns dessas convocações. E nesta última quinta feira realizou as 21 horas mais um desse ritual.

                O diferencial dessa chamada é o que todos sentiram e silenciosamente comentaram quando de seu término, inclusive com vários mestres que moram na cidade do vale do Amanhecer. O comentário era um só: “O quanto um trablho realizado nos moldes deixados pela clarividente, ou seja, dentro da lei”, tem um resultado que é perceptível a todos. E embora com todos os contratempos de distância, a própria localização geográfica, a dificuldade de locomoção, a felicidade era uma realidade em todos quanto participaram daquele trabalho. Faz-nos lembrar de uma frase de um das cartas de Tia Neiva que diz;

                “para enfeitar aqueles que passaram o tempo de brincar”

                O mais bonito e corretamente cristão é a harmonia que em todos reinavam e ainda mais por estarem realizando um ritual como deixado pela Clarividente.

                Gilmar

                Ad Adelano

Outubro/2010