30 DE OUTUBRO DE 1985



30 DE OUTUBRO DE 1985

            Salve Deus!
            A pequena comunidade do vale do Amanhecer vivia um misto de alegria e apreensão. Por um lado Tia Neiva, milagrosamente havia deixado a UTI do Hospital Santa Lúcia. Seu médico dr. Iton de Barros, teria dito a seguinte frase:
            “-Levem na para casa! Pois tudo que a ciência poderia fazer foi feito! Quem sabe seus espíritos poderiam fazer uma coisa”
            Neste embaralhado de situações, os Ajanãs haviam solicitado ao Mestre Gilberto Zelaya, Trino Ajarã uma reunião com Tia Neiva. Ele respondeu:
            Meus mestres, sinceramente não sei como me comportar para atender essa solicitação! Pois, não sei a quem iremos encontrar...
            Se Tia Neiva
            Neiva Chaves Zelaya
            Koatay 108
            Explicou que a oxigenação cerebral de sua mãe estava tão baixa que ela não conseguia manter se plenamente consciente ,oscilando portanto, entre essas personalidades.
            Completava-se cem estrelas aspirantes! O Mestre Joaquim Alves, Adjunto narone conduz a corte até a frente do restaurante da casa Grande, Tia Neiva observa atentamente a todos e dá palavras de alento e esperança a todos!
            Mais a tardinha as falanges missionárias perfilam também diante de mãe e criadora. Tia Neiva trajava uma indumentária de cor negra. Ela abraça o Adjunto Yuricy e diz para que todos ouvissem;
            Este é meu Adjunto Yuricy! Eu a amo de um modo muito especial!
            E depois diz:
            -Deixa de mesquinharias minha Filha!
            Eleva um pouco a voz  e diz para todos que ali estavam.
            De que me servem  essas flores! Desejaria vê-los todos bem!
            A noite junto a Mario Sassi, troca as rosas no Turigano!
            Quinze dias depois as mesmas flores estariam  enfeitando a Pira dpo Templo mãe onde jazia o corpo da Clarividente, a mãe do Doutrinador!
30 de Outubro de 2012

            Em nossos dias atuais é necessário escolher muito entre as flores para oferecer a Tia Neiva, com certeza para muitos jaguares que ainda honram a sua obra. Que realmente seguem e não apagam seus rastros(sua obra), os espinhos estão sendo em maior quantidade que as rosas!
            Realmente crescemos em número, nossos templos saíram de quarenta e dois para quase oitocentos templos.
            Mas a grande pergunta é: Alguns Mestres terão o direito de ofertar rosas a Tia Neiva, digo Tia Neiva a mãe do Doutrinador! Que certa feita quando mudaram a fonte de yemanjá do lugar sem sua autorização ela ficou muito triste!  Eu a vi junto com Mário Sassi diante do Cristo profundamente triste, pois alguém havia quebrado um dos dedos da mão do caminheiro....
            Como está ela hoje assistindo a condição de sua casa maior, não estarem presentes o grande amor de sua vida...seu filho Gilberto, seu Trino Sumanã, o mestre Alufã, o comandante de sua nave maior José Luis, aquele que detem os poderes da cura desobesessiva Mestre Efrén, representante do Primeiro Cavaleiro da lança vermelha...
            Temos por costume ou péssimo hábito de ouvir as comunicações daqueles que em verdade e espirito se manifestando  tentam nos alertar, e que muitas vezes é tachado de “interferência”. Mas o Doutrinador o filho de Tia Neiva, tem condições de ouvir e autenticar uma mensagem! Abaixo com a consciência doutrinária dada por uma Clarividente irei transcrever um pouco do que me foi dito!
            “Meu filho!
            “Na casa mãe estão mudando tudo que Koatay 108 deixou”
            “Ela não teve alternativa a não ser distribuir as forças nos pequenos templos”
            “Ela plantou milhares de rosas, mas muitas delas secaram e estão morrendo”
            O Nosso Trino Ajarã a preço muito alto está tentando preservar o que sua mãe deixou, em suas palavras é enfático a dizer:
            “Quero de consciência limpa, encontrar minha mãe e entregar lhe o cajado que me confiou”
            “Tudo que faço,faço por ela”
            “não estou brigado com  ninguém, apenas me reservo o direito de não participar daquilo que não está lei, ou da lei que minha criou e foi retirado de determinados rituais”
            Como Doutrinador, não advogo nenhuma causa por parte do Trino Ajarã e nem por ele fui orientado a escrever o que escrevo. Lanço mão de minha consciência missionária, do juramento que fiz e da missão que abracei. Aprendi com Mestres que também fizeram os  mesmo juramento que fiz, e que hoje, infelizmente abandonaram a força decrescente!
            Neste dia próximo a 30 de outubro volto a lembrar de palavras de Tia Neiva:
            “Eu não lhe confiei meus poderes....”
            Porém deixo  muito claro....Há grandes Mestres que estão sofrendo por ter que seguir normas que não concordam...Pessoas muitíssimas sérias...As quais meu respeito continua inabalável. Somos todos irmãos...Filhos de uma só Tia Neiva...um só Pai Seta Branca...
            E você Mestre que irá participar da troca de rosas e em  especial a que vai ser comandada pelo Trino Ajarã Mestre Gilberto Zelaya em Aruanda, Que esta que irás levar para tua casa, tenha uma parcela do amor de Tia Neiva, que não lhe deixe criar contenda, estabelecer julgamentos, amar teu irmão Jaguar,esteja ele onde estiver...
            Não acredite nessa conversa de filhos de Pai Seta Branca estarem cruzando corrente por ser do templo mãe e ir a outros templos...isso não existe!
Lembre se meu irmão: Semeie o que lhe foi ensinado...Tolerancia...Amor...Humildade... Semeie o amor de Tia Neiva, lembre de quem dia ela disse sentada no radar do Templo mãe.
            Eu não divido meus filhos!

            Salve Desus!
Um Doutrinador
Gilmar
Outubro 2012