CONVERSA SÉRIA
 
                Salve Deus!
 
                Nossa doutrina é livre, e por si só, é capaz de manter sua sustentabilidade. Os mentores que regem esse terceiro sétimo são individualidades que tem um compromisso evolutivo maior que nossa mente ainda presa aos laços terrenos podem imaginar.
                Nossa Clarividente é um espirito veterano que vem a milênios sendo preparada para formar esse sistema iniciático que hoje estamos vivenciando. Como Clarividente ,sabia ela, do povo que Deus lhe confiou. Nosso Simiromba de Deus, Pai Seta Branca tem um compromisso com Jesus na transição desse terceiro milênio.
                É preciso levar em consideração o aspecto cármico que vivemos, as dividas transcendentais, assim como o grupo que somos e as tantas encarnações que já estivemos juntos. Se voltarmos nossa mente e coração para o nosso passado e encarnações que os Jaguares estiveram juntos, entenderemos o que hoje estamos vivendo.
A guerra civil do Peloponeso é um exemplo claro e que  hoje deveria servir para que tenhamos cuidado sobre as atitudes que tomamos e entender que não é preciso muito para mais uma vez perceber que estamos trilhando a velha estrada.
                Outro dia estava eu em uma lanchonete quando um Jaguar veterano me cumprimentou, ao fazê-lo disse:
                -Oh meu irmão!
                -Por favor, não deixe de falar comigo, embora esteja no lugar “y” e você esteja no “x”, continuamos ainda Jaguares do Pai Seta Branca!
                Foi então que percebi o quanto somos vulneráveis a ação de forças que desconhecemos; mais triste ainda e perceber que muitos Jaguares, homens sérios, comprometidos com sua missão doutrinária, já começam a sentir o impacto de forças que nada mais querem a não ser que nos percamos novamente.
                A iniciação Dharman-oxinto nos lembra do juramento e do compromisso com os mestres veteranos deste Amanhecer. Ao beber o vinho, juramos mais uma vez, que ninguém irá se contaminar por nós.
                Nossa doutrina por ser iniciática, é mantida por um sistema administrativo doutrinário que precisa de classificações para sua continuidade. Fato esse comum em todo o universo, pois a ordem da força decrescente está presente em tudo. A força gravitacional é determinada pela massa dos corpos celestes gerando o movimento orbital harmônico entre eles. Então  para continuidade e manutenção do sistema, Pai Seta Branca, Mestre Humarrã, Os Enoques criaram uma doutrina com um estrutura hierárquica que consequentemente gerou uma outra que é chamada de força decrescente. Essa estrutura, embora humana, ocupada por seres humanos, é legitimamente espiritual. Se observarmos bem, tudo o que hoje tem levado muita gente a sofrer é um a situação humana, criada por atitudes pessoais que é a quebra da hierarquia. O Trino Presidente Triada foi classificado por Tia Neiva baseado em sua heranças, haja visto que os quatro Trinos, três que formam o nono não eram biologicamente ligados a Neiva Chaves Zelaya. O Trino Tumuchy era um intelectual que decodificou e tornou compreensível nosso sistema doutrinário. Mestre Nestor Sabatovisck, Trino Arakem era um ex seminarista, mas que tinha heranças ligadas a Pitya. Michel Hanna tem heranças curadoras e a força dos sivans. Por fim, o quarto trino que na contagem espiritual multiplicou os três trinos por quatro formando o apostolado (12) é o Primeiro Doutrinador desse Amanhecer, o primogênito ,que segundo algumas informações é filho espiritual de Pai Seta Branca e portanto, recebeu da Clarividente a Lei Dharman-Oxiunto com o direito concedido espiritualmente por sua Mãe e Clarividente de executar qualquer consagração nessa doutrina.
Os Adjuntos veteranos tem um juramento  o qual fizeram de joelhos no santuário localizado na estrela candente do Templo Mãe de serem fiéis a esse sistema doutrinário. Para que fique tão verdadeiro essa citação vamos transcrever uma parte do juramente do adjunto:
‘Salve Deus, minha Mãe Clarividente! Juro seguir o teu roteiro nesta caminhada para um rico Terceiro Milênio, doutrinando, emanando e curando, transformando a dor no caminho de nossa evolução. Cuidarei, com respeito, desta Seta Imaculada que cultivaste em teu seio, há vinte anos, para me fazer (...). Eu, Mestre Jaguar desta congregação, a tua bênção, minha Mãe! Com ternura, prometo: Ninguém jamais poderá contaminar-se por mim! Salve Deus!”
 
                Não existe nesta Doutrina “auto-consagração”, as classificações podem até ser concedidas por ações jurídicas, mas valerão como consagrações espirituais?
                Somente um iluminado poderá levar outro a iluminação! Jesus ratifica ainda mais essa frase quando diz: Deixe que a luz lhe venha primeiro! Pode um cego guiar outro cego?
                O primeiro Mestre Sol Trino Tumuchy diz que:
                “Uma grande multidão é chamado a uma consagração, mas nem todos são consagrados”
                Quando Tia Neiva classificou os primeiros Arcanos por volta do ano de 1985, esses mestres pela delicadeza e seriedade dessas classificações, alguns que eram Presidentes de Templos externos foram chamados de volta ao vale. Ela dizia que o Arcano tinha um compromisso com o universo. Chegou também a pedir que evitassem até de trabalhar nos Tronos. Quando um Adjunto Arcano chegava a Pira para fazer a preparação, os Mestres permitiam com muito respeito que eles passassem a frente. O Trino existe porque o Adjunto fiel aos princípios da doutrina e ao juramento feito a Koatay 108 lhe condiciona a tal feito. Assim como o Adjunto existe porque seus componentes espiritualmente lhe seguem e,  a força decrescente lhe condiciona a tal situação.
                Então que tenhamos em nosso coração o que a doutrina representa para cada um, se a Clarividente diz que: “O Mestre que passa por esse Amanhecer e não cumpre suas leis e ensinamentos, não se cura ou cura coisa alguma, é bom pensar em conduta doutrinária. Não somos religiosos, somos Mestres de um sacerdócio perfeitamente pensado para curar as dores de espíritos encarnados e desencarnados  mas, dentro da força da cabala, e como parafraseando Tia Neiva no mundo da razão(iniciático) é ser ou  não ser.
                Temos que lembrar das frases de Tia Neiva, seu sacerdócio sua conduta, o respeito com ela sempre teve com as leis que ela trouxe do mundo espiritual, com os mentores, com a hierarquia. Só somos um povo e uma grande força espiritual, porque estamos dentro de um sistema ritualístico de forças decrescente , ou seja cabalísticos.
                È bom pensar!
                Adjunto Adelano
Mestre Gilmar